BEDA #17 – Cecília

Minha querida Cecília,

Eu não lembro bem que dia da semana que era, só lembro que chovia pra caramba quando meu celular tocou naquela tarde de outubro. Do outro lado da linha era a sua mãe e ela tinha uma notícia muito feliz pra me dar.

– Você vai ser tia!

No 1º momento eu não acreditei, e no momento seguinte não sabia o que fazer (só sentir rs). Queria compartilhar a notícia com o mundo, mas seu pai pediu pra guardar segredo até o Natal. Foi difícil, viu! Mas fui forte e consegui manter o segredo – só contei para o seu tio, porque precisava dividir isso com ele 🙂 O Natal foi uma festança só! Acho que a primeira vez em anos que eu me sentia muito feliz em celebrar.

Durante os meses em que você esteve na barriga da sua mãe, eu só conseguia imaginar como você seria, quantas mordidas bem servidas eu daria nesses pezinhos e dobrinhas (dsclp), como eu iria te mimar.

Mas a ficha de que eu era tia só caiu no momento em que eu te vi com aqueles olhos abertos deitada no bercinho da maternidade, como se quisesse conhecer logo o mundo a sua volta.

Esse dia foi bem loko! Era sábado e eu tinha resolvido ir na casa de uma amiga, na Zona Oeste de São Paulo, e você foi nascer em Mogi, do outro lado da linha do trem! Seu tio e eu fizemos uma maratona, saímos correndo, pegamos ônibus, metrô, mais um metrô, um trem e outro trem. Chegamos um pouco depois que você nasceu, uma pena não ter podido ver em tempo real! Mas não tem problema, pois teremos muitos primeiros momentos para compartilhar.

Assim como você me deixou te oferecer um colinho pela primeira vez.

Foi engraçado entrar no quarto da maternidade no dia seguinte ao seu nascimento e ver seu pai se enrolando em colocar a sua fralda. Ele não acertava o lado certo de jeito nenhum! hahaha Mas logo ele conseguiu acertar, te vestiu e te deixou quentinha pra sua tia Gi e eu podermos te segurar pela primeira vez.

Ceci, antes de você, eu nunca tinha sentido vontade de segurar um bebê no colo. Mas só de te olhar, algo muito forte me chamava pra te pegar. E com todo o cuidadinho do mundo, te segurei. Morrendo de medo “de quebrar”, mas tudo deu certo! E até hoje está dando certo – exceto quando você está com fominha ou quer arrotar e começa a chorar, aí eu fico toda perdida!

E aqui estamos, dois meses depois. Desta vez a tia vai passar o mesversário longinho, mas o coração não sai de perto nenhum momento. E no próximo eu com certeza estarei aí!

Ceci, eu sei que você não consegue ler isso hoje, mas quem sabe daqui uns anos a sua mãe conte que eu tinha um blog e que escrevi este post para você. Será que na sua época vai ter blog?

Espero que você continue sendo esta menina curiosa e feliz que você já é. Que você saiba que é amada e sempre será, por mim e por todos dessa família. Espero estar presente na sua vida e te acompanhar, mesmo que de longinho. Sempre estarei aqui para você.

Obrigada por estar sempre trazendo muita alegria pra todos a sua volta e preencher nossos corações de carinho. Feliz dois meses de muitos meses. Te amo demais. Gostosa da tia! <3

Continue Reading

BEDA #16 – TAG: Eu nunca

Extraída do blog Perguntas para Tags Mais uma TAG pra ajudar a vencer mais um dia de BEDA! 😛 Eu nunca usei dorgas Eu nunca fui vegana Eu nunca comi nattô Eu nunca viajei para a Europa Eu nunca tomei Absinto Eu nunca tive interesse em fazer Medicina Eu nunca ganhei uma partida de Fifa no x1 […]

Continue Reading

BEDA #15 – Do início da jornada minimalista

Colonia del Sacramento, 2017. Foto tirada por mim 🙂 Hoje eu fiquei muito incomodada na minha mesa de traballho. Normalmente eu levo na mochila muitas coisas (isso poderia dar um post!) e basicamente a esvazio na minha mesa. Em geral eu consigo trabalhar numa boa, mas hoje eu não consegui me focar enquanto não joguei […]

Continue Reading

BEDA #14 – TAG: Complete as frases

Kyoto, Japão (2012). Foto tirada por mim 🙂 Extraída do blog Salateando. Sou muito… paciente. Não suporto… aquele imprevisto ruim que muda minha agenda toda. Eu nunca… quebrei um osso Eu já briguei… com pessoas pregando no trem. Quando criança… eu desenhava meninas com asas. Neste exato momento… estou correndo pra terminar o post. Eu morro de […]

Continue Reading

BEDA #13 – Links da semana {2}

Narutinho <3 Free workshop “Fight Procrastination with the Power of Positive Thinking”, da Shelby do Little Coffee Fox e da Kara do Boho Berry. Acontecerá dia 17! Vídeo da Nath do Me Poupe contando 5 passos que ela seguiu para chegar à marca de R$1 MI investidos How to Develop Self-Discipline (vídeo) Live da Isa […]

Continue Reading

BEDA #12 – Cântico VI

Tu tens um medo: Acabar. Não vês que acabas todo o dia. Que morres no amor. Na tristeza. Na dúvida. No desejo. Que te renovas todo o dia. No amor. Na tristeza. Na dúvida. No desejo. Que és sempre outro. Que és sempre o mesmo. Que morrerás por idades imensas. Até não teres medo de […]

Continue Reading

BEDA #11 – Chibi Moon

Chibi e Moon quando chegaram (11/2/2017). AVISO 1: Contém textão. AVISO 2: Contém overgato (overdose de foto de gato) – É só escolher. Essa mensagem enviada por um amigo em janeiro contribuiu para uma das grandes mudanças em 2017. Antes dessa mensagem, tinha recebido este link de gatos para adoção no site da AUG. A […]

Continue Reading

BEDA #10 – Tag: Minha História em 10 Músicas

Imagem: Pixabay Extraído do blog Saga das Músicas. A Tag consiste em responder 10 perguntas voltadas a música. 1- Uma Música Que Lembre Um Momento Bom A Thousand Trees – Stereophonics 2- Uma Música que Defina Sua Vida. Perdida e Salva – Sandy 3- Uma Música que te faça dançar na balada. Des pa cito […]

Continue Reading

BEDA #9 – 5 livros que comprei e não li (por inteiro)

Foto: Pixabay Preciso admitir que faço muitas coisas no impulso. E por uma boa época da minha vida, esse impulso estava em comprar livros legais/bonitos na Livraria Cultura, na livraria da rodoviária, sebos, etc. Nunca fui uma pessoa de ler muito, mas comprava na promessa de “estimular a leitura”. Devo ter pelo menos 30 livros […]

Continue Reading

BEDA #8 – Sobre se perdoar e seguir em frente

Imagem: Pixabay Ontem não teve post, então hoje tem em dobro 🙂 Fiquei lembrando e esquecendo de postar o dia todo. Quando vi, já estava caindo de sono e não consegui escrever, com o perfeccionismo gritando na minha orelha. Acordei hoje de manhã me sentindo muito mal por não ter conseguido cumprir com este compromisso, […]

Continue Reading